terça-feira, 12 de maio de 2009

Lucca passa a noite com sua avó no hospital

Tive de me ausentar do Einstein ontem à tarde para resolver alguns problemas e aproveitei para passar a noite em casa com meus dois outros filhotes


Pedi a minha mãe que viesse ficar com o Lucca aqui no hospital de ontem prá hoje para que eu pudesse resolver algumas questões importantes fora daqui. Além disso, seria uma oportunidade ímpar e preciosa de encher o Marccão e a Lella de beijos e abraços apertados, e de comemorarmos, ainda que atrasados, o dia das mães. Foi bem gostoso! busquei-os da escola, passeamos um pouquinho num shopping ali perto e depois fomos jantar no Pizza Hut. Chegando em casa, brincamos um pouco, depois um banhão daqueles e todos direto pra cama.

Antes de tudo isso, à tarde, fui resolver a questão do nosso plano de saúde, que até então, tinha 31/5 próximo como data de expiração. A ótima notícia é que consegui estender esse prazo por pelo menos mais um mês. Graças ao Mário Grieco, presidente da moksha8, empresa em que eu trabalhei até novembro do ano passado.

Temos esse seguro de saúde Omint desde fevereiro de 2008, quando fui contratada pela moksha8. Ao ser desligada da empresa (em 18/11/08), Mário, em nome da companhia, comprometeu-se comigo que, em função da situação do Lucca, nos manteria no plano por mais seis meses, isto é, até o final deste mês.

Quanto mais perto ficava dessa data, mais angustiada eu ficava. Essa era, sem exagero, uma questão que estava me tirando o sono. Comentei com várias pessoas que isso fazia eu sentir que minha vida estava correndo como que numa ampulheta, com o tempo próximo de se esgotar.

Tentei várias alternativas, inclusive a busca de um novo plano, particular, que oferecesse a necessária cobertura ao Einstein -- já que Lucca ainda tem um tratamento pela frente a cumprir, cada vez mais tranquilo, se deus quiser, mas ainda por um bom tempo.

Dois foram, contudo, os fatores complicadores: o custo mensal, que é alto, e com o qual eu não consigo arcar sozinha nesse momento já que ainda estou fora do mercado; e também o período de carência, que Lucca teria invariavelmente que cumprir antes de poder desfrutar do novo plano.

Com a ajuda de uma grande amiga, a jornalista Karla Sarquis, discutimos diretamente com a Omint a hipótese da migração do plano corporativo para o particular com isenção das carências. Mas não recebemos uma resposta positiva para isso. Segundo a operadora, a única alternativa de continuarmos com a cobertura seria a empresa em que eu trabalhava (a moksha8) nos manter no plano.

Meu grande desespero é que eu sabia que a moksha8 não tinha mais nenhuma obrigação de fazer isso, por mais que eu nunca tenha duvidado do enorme senso de humanidade da empresa e, principalmente, do seu presidente -- que é um amigo excepcional e uma pessoa de um coração enorme!

Mas Mário teve mais um ato de gesto impagável de solidariedade. A moksha8 não nos retirará da lista de colaboradores beneficiados pelo plano corporativo a princípio até o final de junho. Em contrapartida, ajudarei com alguns trabalhos na área de comunicação corporativa -- dos quais eles precisam no momento e que são meu core business.

Chorei feito criança quando Ligia Sanjar, gerente de RH da moksha8, me oficializou essa posição. Era como se eles estivessem tirando, com as próprias mãos, um peso enorme das minhas costas, da minha alma.... sinceramente!

Por mais que essas indas-e-vindas para o Einstein sejam coisas normais e esperadas, o que me confortava e abrandava a angústia era saber que eu tinha um lugar pra trazer o Lucca sempre que alguma intercorrência acontecesse. Mas e a partir de 01/6? O que eu faria? Pra onde eu o levaria se necessário fosse? E os controles que ele tem de fazer pelos próximos meses?

Essa notícia foi como um novo sopro de fôlego....
E não há nada mais que eu possa dizer nesse momento senão, de novo, muito obrigada!!!

3 comentários:

KARLA SARQUIS disse...

Lu , um recado para o Mário

Mário

Eu nem te conheço, mas agora pude comprovar todas os elogios que as pessoas tecem a seu respeito. Você é uma das pessoas por quem eu passei a ter o maior respeito e admiração. Vocé, realmente, É O CARA!!!!!
Muito, mas muito obrigada. Conte comigo para o que der e vier!!!

um abraço

Tatiane Minharro disse...

Ai Lu... que notícia maravilhosa!!!

Não te disse que não podia desanimar, que Deus sempre dá um jeitinho de as coisas acontecerem?
To aki viu!!!! Sempre

Cristiane disse...

Ah, amiga! Estou lendo o blog a partir dessa notícia para me atualizar... devo mandar outros posts, mas tenho q me pronunciar diante do fato... quando Deus está no controle das coisas, Ele cuida de tudo, até de colocar pessoas especiais ao nosso redor que possam nos ajudar de alguma maneira! Nem que for nos "45 do segundo tempo" Deus responde e traz paz! Ele não falha! Fico imensamente feliz por vocês e admiro, ainda mais, Mario Griecco por esse gesto! Lu, sem palavras! Bjs pra vc e Lucca