quarta-feira, 18 de março de 2009

Madrugada em claro

O fim da noite de ontem foi super tranquilo pro Lucca. Depois de brincarmos com as cartas do HotWheels, ele conseguiu pegar no sono sem muita dificuldade. Acordou por volta de 1h00 e depois em intervalos aproximados de 45 minutos super apertado pra fazer xixi. Mas, a partir das 3h30, ele começou a ter alguns desconfortos. E daí em diante tivemos uma madrugada bem difícil por aqui...

Lucca começou sentindo dor de barriga e precisou usar o banheiro por umas duas vezes. Evacuou na verdade parte do muco intestinal, decorrente de um efeito da quimioterapia chamado mucosite.

Não sei se lembram quando comentei que a principal ação da quimio é destruir as células que se reproduzem bastante rapidamente no organismo. O foco aqui é a destruição das células do sangue (para interromper a produção das células que causam a adrenoleucodistrofia e, principalmente, para deixar o organismo dele preparado para poder receber as novas células de sangue do cordão umbilical que se transformarão em novas células de medula).

Contudo, as células que produzem o cabelo e as mucosas da boca e intestinos também têm a mesma característica das de sangue de serem células que se reproduzem muito rápido. Daí o efeito da ciclofosfamida sobre elas. E o aparecimento da mucosite intestinal, que é uma espécie de inflamação localizada que ocorre em função das células da parede do instestino terem sido afetadas.

A parte mais chata é que aquela dor de barriga inicial, que Lucca referiu no início da madrugada, foi se intensificando e, quando já não tinha nem mais o muco para evacuar (vamos lembrar que ele está completamente sem apetite e não ingere nada sólido há três dias), ele teve duas crises bastante acentuadas de cólica instestinal. Ele chorou muito de dor, se contorceu bastante. A enfermeira Andrea prontamente entrou em contato com a equipe médica e dois novos medicamentos foram administrados para interromper esse desconforto.

Enquanto isso, fiquei massageando a barriguinha dele, tentando acalmá-lo e me lembrando daqueles meses de julho, agosto e setembro de 2000, quando, recém-nascido, Lucca rompia algumas madrugadas reclamando de cólica e voltava a dormir embalado por essas massagens....

Por volta de 6h30 da manhã, ele conseguiu pegar no sono de novo. Acordou por volta das 10h pra fazer xixi e coco (aparentemente a mucosite melhorou), e não referiu as mesmas cólicas. Fez seu controle matinal de peso -- está com 34kg -- e voltou a deitar.

2 comentários:

Cristiane disse...

Oi Lu, oi Luccaaaaa... amiga, tudo vai dar certo! Estou acompanhando os "posts" e em oração pela vida do Lucca. Deus está com as mãos estendidas sobre ele e tudo sairá na perfeita e agradável vontade de Deus! Como já disse, o Lucca é um vencedor! Vocês vão voltar para casa logo e muito bem, com novidades ótimas! Bj enoooorme.... te adoro! Lucca, beijos estalados da Tia Cris... segura a onda aí, hein?! Só mais um pouquinho e já era... vc estará bombando nas paradas de sucesso!

Carol Buzetto disse...

Oi Lu, muita calma que o sacrificio vale a pena! Vai dar tudo certo! Amo vcs! Beijos